quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Fighter(tradução)

Composição; Christina Aguilera e Scott Storch



Lutadora

Depois de tudo que você me fez passar
Você imaginou que eu o menosprezaria
Mas no fim, eu quero lhe agradecer
Porque você me fez muito mais forte

Bem, eu achei que conhecia você
Pensando que você é verdadeiro
Eu acho que eu, eu não podia confiar
Acabou o tempo para suas baboseiras
Pois eu já tive o bastante
Você estava ao meu lado
Sempre pronto para o que viesse
Mas a sua jornada da felicidade pegou fogo
Pois sua ganância me vendeu na vergonha, mmhmm

Depois de todos os roubos e trapaças
Você deve achar que eu guardo ressentimentos de você
Mas, oh não, você está enganado
Pois se não fosse por tudo que você tentou fazer
Eu não saberia o quanto sou capaz de agüentar
E por isso quero dizer obrigada

Pois isto me faz muito mais forte
Me faz trabalhar mais arduamente
Me faz muito mais sábia
Então obrigada por fazer de mim uma lutadora
Me fez aprender mais rápido
Fez minha pele um pouco mais espessa
Me faz muito mais esperta
Então obrigada por fazer de mim uma lutadora



Nunca vi chegando
As suas punhaladas nas minhas costas
Para que você pudesse lucrar
Em uma coisa boa antes que eu percebesse seu jogo
Eu ouvi que você anda por aí
Fazendo o papel de vítima agora
Mas eu nem começo
A achar que eu sou a culpada
Pois você cavou sua própria cova

Depois de todas as brigas e mentiras
Pois você quer me aterrorizar mas isso não vai funcionar mais
Não mais, oh não, isso acabou
Pois se não fosse por toda a sua tortura
Eu não saberia como ser deste jeito agora
E nunca dar pra trás
Então eu quero dizer obrigada

Pois isso me faz muito mais forte
Me faz trabalhar mais arduamente
Me faz muito mais sábia
Então obrigada por fazer de mim uma lutadora
Me fez aprender mais rápido
Fez minha pele um pouco mais espessa
E me faz muito mais esperta
Então obrigada por fazer de mim uma lutadora

Como pôde este homem que eu achava que conhecia
Se revelar tão injusto e cruel
Só podia ver as coisas boas em você
Fingir que não via a verdade
Você tentou esconder suas mentiras, se disfarçar
Vivendo através da negação
Mas no fim você verá
Não pode me deter

Eu sou uma lutadora e eu
Eu não vou parar
Não existe mais volta para trás
Eu já tive o bastante


Pensando bem eu esqueceria
Mas eu me lembro
Eu me lembro
Eu me lembro, eu me lembro
Pensando bem eu esqueceria
Mas eu me lembro
Eu me lembro
Eu me lembro, eu me lembro

Pois isso me faz muito mais forte
Me faz trabalhar mais arduamente
Me faz muito mais sábia
Então obrigada por fazer de mim uma lutadora
Me fez aprender mais rápido
Fez minha pele um pouco mais espessa
E me faz muito mais esperta
Então obrigada por fazer de mim uma lutadora

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Just like a star

Aos amores que tive,que tenho e que em breve terei.



Como uma estrela em meus olhos...
Talvez porque eu sempre me perca na doçura dos nossos momentos
Ou então pela emoção que transborda pelos meus olhos
Talvez por você ter tocado no meu ponto fraco
Ás dez da noite de um dia inesperado
Mas bem ali,quando estamos frente a frente
Sinto-me como uma criança ingênua,
Apenas desejando que o dia não acabe
Querendo eternizar o toque dos seus lábios,
O conforto do teu abraço,
O calor que você me passa.
Despedidas nunca foram o meu forte,sou fraca para essas coisas,
Mas ao relembrar o tempo que passamos juntos,
Ao ouvir sua voz,uma chama se acende dentro de mim.
Como o suspiro que transpassa a loucura,
Você me provoca arrepios
E pela dúvida que cerca nossas vidas
Quero apenas me entregar a este momento,sem pensar no futuro
Quero voltar ao seu lado
Para sonhar com coisas loucas
Para ser a menina dos seus olhos
Para me emocionar novamente só por tê-lo ao meu lado
Como uma estrela em meus olhos...

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Auto - retrato


Nascida em São Paulo,cercada de bonecas e olhares afagantes,tive mais sorte que meu irmão,
Designaram-me meiga,amorosa e egoísta,
Este último anula os dois primeiros ou ao menos os fazem apodrecer.
Ao meu ver,uma pessoa iludida a seu próprio respeito,
Perdendo-se em lamentações estéreis
Por achar que poderia ou deveria ser diferente.
Talvez,uma menina mimada aprendendo que o mundo não gira ao seu redor,
Defendendo-se de algo inexistente,
Precisando colocar os pés no chão.
Não sou mártir,nem possuo a tal autopiedade.
Reconheço minha cegueira temporária e minhas falhas de caráter.
Sempre com lições baseadas em minha vaidade,que por tentar esconder,ficam evidentes.
Perdida em quem sou e no que poderia ser,
Agindo primeiro,pensando depois;
Agindo primeiro,chorando depois;
Agindo primeiro,tentando consertar depois;
Agindo primeiro;perdendo depois.
Disseram muito sobre o tipo de pessoa que sou,descobri muito sobre mim mesma,
E ainda não sei,nem entendo.
Perdida em palavras que talvez não façam sentido,
Não me permito ser mais uma entre tantos,
No entanto,isso que deveria ser
Afinal todos o são.
Mas algo ainda não me permite,
Mesmo com todos os meu defeitos latentes,que ajudam a me definir.
Agora,
sou...
Parte de mim que dramatiza meu ser,rimando,
No drama da vida que procuro entender.
Aliás,dramática desde criança,dramática e ciumenta,
Talvez por isso me apoiaram em minha profissão.
Não,não quero futilidade,nem ambiguidade se é que me entendem...
Escrevo para colocar para fora o que sinto...
Quanto a ironia...me perdoem,mas ninguém vive sem uma pitada de sarcasmo.
Procuro cada pedaço meu entender.
Disseram- me certa vez ,que eu tinha humor negro
Ahh...que humor negro o quê!!!só estou brincando com o nosso viver!!!
Quanto a família?vai bem obrigada e benza Deus.
Mas a dança...essa sim é minha paixão,a dança e o teatro,que me fazem sonhar acordada,só para não fugir da realidade,
Apesar de minha avó dizer que isso não dá futuro''ah menina teatro é profissão de vagabundo''.
Besteiras,bobagens,porcarias,talvez todas essas frases sejam.
Mas não enganei ninguém,afinal já tinha dito que sou um tanto quanto confusa e bagunceira
Até mesmo com as palavras,
Quanto as acusações de persuasão,garanto que são todas falsas(se alguém souber como persuadir me ensine por favor).
E sim eu choro,mas sou feliz.
Sobre o final,não sei o que dizer,só digo que pensar demais dá uma imensa dor de cabeça.

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Desabafo



Certa vez perguntaram-me sobre meus amores,e eu respondi:
-O verdadeiro amor,aquele que só quer ver o ser amado verdadeiramente feliz...é um sentimento nobre,sublime demais...não sei se algum dia chegarei a este ponto.
Ainda estou no nível das paixões faiscantes,do amor mundano,a ponto de sorrir simplesmente pelo fato de lembrar que 'ele' existe,e parece não existir mais ninguém como ele,nenhum cavalheiro tão brilhante,nenhuma lembrança tão prazerosa de quando estou junto a mais ninguém.
Talvez este seja o meu sentir mais ilusório,pensando que algo supostamente tão bom,não possa acabar de modo algum.Angústias e devaneios de um ser terreno...sem saber onde posso,vou ou quero chegar,agindo somente por algum impulso desconhecido,assim estou eu.

sábado, 12 de setembro de 2009

Billy Joel - Vienna(tradução)


''Relaxe, criança louca
Você é ambiciosa demais para um adolescente
Mas se você é tão inteligente, me diga por que ainda tem medo?
Onde está o fogo? Pra que a pressa?
É melhor você curtir isso antes de jogar fora
Você tem tanto a fazer e apenas algumas horas no dia.

Você não sabe que quando a verdade é revelada
Que você pode pegar o que quiser ou apenas envelhecer?
Você vai desistir antes de chegar na metade do caminho
Quando você vai perceber que Vienna espera por você?

Relaxe, você está indo bem
Você não pode ser tudo o que quer antes que a sua hora chegue
Embora seja tão romantico estar no limite esta noite.
Que seja, mas é a vida que você escolheu.
Você está tão a frente de si mesma que você esqueceu o que precisa.
Mesmo que você saiba quando está errada,
Você sabe que nem sempre pode ver quando está certa

Você teve sua paixão. Você teve seu orgulho
Mas você não sabe que apenas os bobos estão satisfeitos?
Sonhe, mas não pense que eles se tornarão realidade.
Quando você vai perceber que Vienna espera por você?

relaxe, criança louca
Tire o telefone do gancho e desapareça por um tempo.
Tudo bem, você pode perder um dia ou dois.
Quando você vai percerber que Vienna espera por você?
Quando você vai perceber que Vienna espera por você?''

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Da inocência


Como um sinal de vida
Ao encontrar respostas
Permaneço cada vez mais calada
...Um tremor dentro de mim
Posso ver o que é?
...Pecados.
Voltaram do passado para me atormentar
Entorpecendo-me como drogas.
...Nada mais do que a própria consciência
Todos estão sujeitos a passar por isso.
Como um reflexo
Eu pergunto a todos que vejo
Por que meu coração se tornou tão vazio?
Talvez pelos medos escondidos
Tendo ouvido tudo de cabeça baixa
Aos prantos á todo momento
Como se a culpa estivesse entranhada
Em minha alma
Mesmo ao dar um sorriso
Mas aos espíritos maus não darei
Uma gota de meu sofrimento
Lanças de fúria não me ferem mais
Apenas atravessam minha alma;intacta
Porque toda criança cresce
Fortificando-me em teu asco
Arranjei forças para encarar
A vigilância gratuita
Olhando para sí próprio
Não me estenderia a mão,
Agressividade gratuita
Que lhe respondo com o silêncio,
Meu mais nobre sentimento,
Que não será contido no papel,
Para a viagem ao engradecimento.

sweet false light


É como se algo não estivesse certo
Posso sentir por dentro
Quando fecho os olhos


Suas palavras doces me ferem
Como lanças quando entram na pele;
Machucam e rasgam meus sentimentos


Talvez você não perceba minha ironia
Que é dada de graça a você
Para não ver o que se passa de fato
Por que você não tenta olhar para o meu interior?
Palavras de amor não suprem a sua presença.
Compreensão demais é uma dádiva,
Com a qual não fui abençoada


Tempo...
Talvez não haja mais tempo
Para palavras não ditas
Palavras perdidas
Como o vento que sopra a árvore
E arrasta a folha para uma outra direção
Um outro destino
Que não é sabido pela folha no momento
Mas que já foi escolhido no princípio.


Palavras...
Palavras que talvez estejam
Na imensidão em que me encontro
Com o bater rancoroso da dúvida
Que soa como um tormento
Entre o perdão e o ser amado
A cela e o prisioneiro
Destino traiçoeiro?
Não,destino brincalhão
Que nos ensina com a emoção.

Libertar-se


Alcançar o inatingível
Em busca do improvável
Querendo cessar todas as dúvidas
Em um lugar efêmero onde o agora...
Não existe mais
Em busca da verdadeira paz
Admirando tanto a ponto de não querer estar lá.
Alí,no encontro com sí mesmo onde tudo vem á tona
E até o sentimento mais escondico é revelado,
A verdade estaá ao alcance de todos.
Libertar-se...
Jogando-se no infinito
Quando o tropeçar não existe mais,
Apenas a luz que envolve meu ser
E não deixa nenhum rastro
Vejo anjos á minha volta
O 'eu' não existe mais
O amor brota naturalmente
Nós pertencemos uns aos outros
Comandados pela força maior
Aquela que habita nosso interior.
Paradas essenciais de uma experiência híbrida
Sem o 'entender' definitivamente realizado
Agindo com alguma essência
Que jamais será revelada nessa jornada
Só na consciência eterna
Algo realmente definitivo
Nas percepções mais singelas
Onde o fim é só o começo
E o começo nunca tem fim
Na luta infindável para o esclarecimento
Das coisas divinas
Universo sem saída!!!
O poder ao alcance de todos
A sabedoria em troca da vida.

Pretensão(ela)





Ela rompeu o segredo com um sorriso
E te olhando nos olhos disse a verdade
Sempre esteve mais perto do que se podia imaginar
Perdida em seus pensamentos
Relembrando os bons momentos
Ela ilumina tudo ao seu redor
Alegra tudo a sua volta
Esta cada vez mais distante
Através de sua imaginação
Fantasiando o futuro
Vivendo o presente
Saboreando o passado
Ao dormir parece um anjo
Mas teme a perda dos seus queridos
Mergulhar em seu mundo é um sonho,
Porém inatingível
Por ser muito particular,
O mundo colorido das situações irreais,
As constantes lágrimas entre alegria e a decepção,
A verdade estampada em sua face,
Mesmo longe ainda domina seus pensamentos
Ela...a menina com olhos de mulher,
A mulher com sorriso de menina
Como um falso anjo em um corpo feminino
Sonhando cada vez mais alto
Ela...

Thaís.