quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Desabafo



Certa vez perguntaram-me sobre meus amores,e eu respondi:
-O verdadeiro amor,aquele que só quer ver o ser amado verdadeiramente feliz...é um sentimento nobre,sublime demais...não sei se algum dia chegarei a este ponto.
Ainda estou no nível das paixões faiscantes,do amor mundano,a ponto de sorrir simplesmente pelo fato de lembrar que 'ele' existe,e parece não existir mais ninguém como ele,nenhum cavalheiro tão brilhante,nenhuma lembrança tão prazerosa de quando estou junto a mais ninguém.
Talvez este seja o meu sentir mais ilusório,pensando que algo supostamente tão bom,não possa acabar de modo algum.Angústias e devaneios de um ser terreno...sem saber onde posso,vou ou quero chegar,agindo somente por algum impulso desconhecido,assim estou eu.

sábado, 12 de setembro de 2009

Billy Joel - Vienna(tradução)


''Relaxe, criança louca
Você é ambiciosa demais para um adolescente
Mas se você é tão inteligente, me diga por que ainda tem medo?
Onde está o fogo? Pra que a pressa?
É melhor você curtir isso antes de jogar fora
Você tem tanto a fazer e apenas algumas horas no dia.

Você não sabe que quando a verdade é revelada
Que você pode pegar o que quiser ou apenas envelhecer?
Você vai desistir antes de chegar na metade do caminho
Quando você vai perceber que Vienna espera por você?

Relaxe, você está indo bem
Você não pode ser tudo o que quer antes que a sua hora chegue
Embora seja tão romantico estar no limite esta noite.
Que seja, mas é a vida que você escolheu.
Você está tão a frente de si mesma que você esqueceu o que precisa.
Mesmo que você saiba quando está errada,
Você sabe que nem sempre pode ver quando está certa

Você teve sua paixão. Você teve seu orgulho
Mas você não sabe que apenas os bobos estão satisfeitos?
Sonhe, mas não pense que eles se tornarão realidade.
Quando você vai perceber que Vienna espera por você?

relaxe, criança louca
Tire o telefone do gancho e desapareça por um tempo.
Tudo bem, você pode perder um dia ou dois.
Quando você vai percerber que Vienna espera por você?
Quando você vai perceber que Vienna espera por você?''

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Da inocência


Como um sinal de vida
Ao encontrar respostas
Permaneço cada vez mais calada
...Um tremor dentro de mim
Posso ver o que é?
...Pecados.
Voltaram do passado para me atormentar
Entorpecendo-me como drogas.
...Nada mais do que a própria consciência
Todos estão sujeitos a passar por isso.
Como um reflexo
Eu pergunto a todos que vejo
Por que meu coração se tornou tão vazio?
Talvez pelos medos escondidos
Tendo ouvido tudo de cabeça baixa
Aos prantos á todo momento
Como se a culpa estivesse entranhada
Em minha alma
Mesmo ao dar um sorriso
Mas aos espíritos maus não darei
Uma gota de meu sofrimento
Lanças de fúria não me ferem mais
Apenas atravessam minha alma;intacta
Porque toda criança cresce
Fortificando-me em teu asco
Arranjei forças para encarar
A vigilância gratuita
Olhando para sí próprio
Não me estenderia a mão,
Agressividade gratuita
Que lhe respondo com o silêncio,
Meu mais nobre sentimento,
Que não será contido no papel,
Para a viagem ao engradecimento.

sweet false light


É como se algo não estivesse certo
Posso sentir por dentro
Quando fecho os olhos


Suas palavras doces me ferem
Como lanças quando entram na pele;
Machucam e rasgam meus sentimentos


Talvez você não perceba minha ironia
Que é dada de graça a você
Para não ver o que se passa de fato
Por que você não tenta olhar para o meu interior?
Palavras de amor não suprem a sua presença.
Compreensão demais é uma dádiva,
Com a qual não fui abençoada


Tempo...
Talvez não haja mais tempo
Para palavras não ditas
Palavras perdidas
Como o vento que sopra a árvore
E arrasta a folha para uma outra direção
Um outro destino
Que não é sabido pela folha no momento
Mas que já foi escolhido no princípio.


Palavras...
Palavras que talvez estejam
Na imensidão em que me encontro
Com o bater rancoroso da dúvida
Que soa como um tormento
Entre o perdão e o ser amado
A cela e o prisioneiro
Destino traiçoeiro?
Não,destino brincalhão
Que nos ensina com a emoção.

Libertar-se


Alcançar o inatingível
Em busca do improvável
Querendo cessar todas as dúvidas
Em um lugar efêmero onde o agora...
Não existe mais
Em busca da verdadeira paz
Admirando tanto a ponto de não querer estar lá.
Alí,no encontro com sí mesmo onde tudo vem á tona
E até o sentimento mais escondico é revelado,
A verdade estaá ao alcance de todos.
Libertar-se...
Jogando-se no infinito
Quando o tropeçar não existe mais,
Apenas a luz que envolve meu ser
E não deixa nenhum rastro
Vejo anjos á minha volta
O 'eu' não existe mais
O amor brota naturalmente
Nós pertencemos uns aos outros
Comandados pela força maior
Aquela que habita nosso interior.
Paradas essenciais de uma experiência híbrida
Sem o 'entender' definitivamente realizado
Agindo com alguma essência
Que jamais será revelada nessa jornada
Só na consciência eterna
Algo realmente definitivo
Nas percepções mais singelas
Onde o fim é só o começo
E o começo nunca tem fim
Na luta infindável para o esclarecimento
Das coisas divinas
Universo sem saída!!!
O poder ao alcance de todos
A sabedoria em troca da vida.

Pretensão(ela)





Ela rompeu o segredo com um sorriso
E te olhando nos olhos disse a verdade
Sempre esteve mais perto do que se podia imaginar
Perdida em seus pensamentos
Relembrando os bons momentos
Ela ilumina tudo ao seu redor
Alegra tudo a sua volta
Esta cada vez mais distante
Através de sua imaginação
Fantasiando o futuro
Vivendo o presente
Saboreando o passado
Ao dormir parece um anjo
Mas teme a perda dos seus queridos
Mergulhar em seu mundo é um sonho,
Porém inatingível
Por ser muito particular,
O mundo colorido das situações irreais,
As constantes lágrimas entre alegria e a decepção,
A verdade estampada em sua face,
Mesmo longe ainda domina seus pensamentos
Ela...a menina com olhos de mulher,
A mulher com sorriso de menina
Como um falso anjo em um corpo feminino
Sonhando cada vez mais alto
Ela...

Thaís.